sexta-feira, 22 de março de 2019

março 22, 2019

DIA MUNDIAL DA ÁGUA: LEBLON POSSUI SISTEMA DE REUSO JÁ HÁ 14 ANOS

Dia Mundial da Água: Leblon possui sistema de reuso já há 14 anos

Data foi instituída pela ONU em 1993 para conscientizar sobre as necessidades de investimentos de governos e empresas e para que a população adote permanentemente hábitos para evitar o desperdício



No Brasil, a maior reserva de água doce do mundo, se alguém falasse há alguns anos de falta de água, principalmente no Sul, Sudeste e região Amazônica, chegava até mesmo a ser alvo de críticas e contestações.

Mas o tempo passou, a urbanização avançou, o clima mudou, e vieram as primeiras secas e períodos de estiagens nas cidades. Reservatórios baixaram, as torneiras de muitas casas ficaram secas e até mesmo a economia foi prejudicada.

Falar em formas de como proteger as reservas de água e evitar desperdícios é falar em preservação da vida humana.

Nesta sexta-feira, 22 de março, é celebrado o Dia Mundial da Água. A data foi instituída pela ONU – Organização das Nações Unidas, em 1993, para conscientizar empresas e governos sobre as necessidades de políticas de preservação e investimentos. Também serve para sempre levantar o debate e mostrar para a população que o combate ao desperdício não deve ser apenas nas épocas do ano que chove menos, mas sim fazer parte da cultura e do dia a dia.

O Grupo Leblon Transporte de Passageiros faz sua parte há bastante tempo.

Desde 2005, mantém em sua garagem na cidade de Fazenda Rio Grande, na região Metropolitana de Curitiba, um sistema de tratamento e reuso de água em especial para lavar os ônibus. São 14 anos com este cuidado especial com a água, sempre atualizando esta tecnologia.

Com o sistema, para esta tarefa de lavação, a Leblon não precisa da água potável do serviço público que fica à disposição dos moradores para higiene, beber e preparo de alimentos.

A água usada para limpar os ônibus vai por meio de canaletas à estação de tratamento, onde é submetida a processos físicos e químicos que deixam a água pronta para lavar mais ônibus.

Os resíduos da lavação, como poeira e óleo das peças, são separados nestes processos e têm uma destinação correta, não sendo jogados no meio ambiente.

A Leblon e a Nobel possuem ainda um sistema de calhas para captação de água da chuva que, depois de tratada, é usada também para limpeza.

Além disso, em ações junto aos funcionários, a Leblon sempre aborda a questão da água e incentiva práticas sustentáveis.

É muito fácil cada um fazer a sua parte. Não são necessários grandes sacrifícios, apenas algumas mudanças de hábitos.

Veja algumas dicas:

- Não tome banhos demorados.

- Ao escovar os dentes, deixe a torneira fechada.

- Prefira usar baldes em vez de mangueiras para limpar quintal e carro.

- Não jogue óleo de cozinha na pia. Um litro de óleo pode contaminar mil litros de água

- Prefira juntar número maior de roupas e louças para lavar de uma vez só.

- Fique atento a vazamentos em casa e no trabalho

- Se vir algum vazamento na rua, comunique a prefeitura ou a empresa responsável pelo saneamento da região.

Água, um líquido precioso, essencial para a vida. Vamos todos juntos preservar

Grupo Leblon Transporte de Passageiros


Processo de lavação independe de grandes quantidades de água do sistema público de abastecimento. Imagem: Jackson Cotlevski

terça-feira, 12 de março de 2019

março 12, 2019

INTEGRAÇÃO DO TRANSPORTE METROPOLITANO EM FAZENDA RIO GRANDE COMPLETA 30 ANOS

Possibilidade de troca de linhas de ônibus dentro de terminal sem cobrança de tarifa extra representou mais mobilidade para os cidadãos e um importante avanço na relação entre a cidade e capital Curitiba


Um marco para o desenvolvimento de Fazenda Rio Grande, na Grande Curitiba, e para a mobilidade de seus cidadãos completou exatos 30 anos nesta terça-feira, 12 de março de 2019: a integração entre a região metropolitana e capital.
Foi em 12 de março de 1989 que a nascia a M- RIT – Rede Integrada de Transporte da região metropolitana e o berço do sistema foi justamente Fazenda Rio Grande, a pioneira num sistema mais lógico e moderno de deslocamentos.
O pioneirismo de Fazenda Rio Grande e do operador Grupo Leblon foi tanto que gradativamente outras cidades foram sendo integradas à M-RIT, o que somente se completou em 1996.
O sistema consiste até hoje em linhas alimentadoras do munício de Fazenda Rio Grande, operadas pela Viação Nobel, se conectarem às linhas metropolitanas da Leblon, com destino à capital Curitiba.
A integração ocorre no terminal principal de Fazenda Rio Grande sem cobrança de tarifa para troca de ônibus. Na volta, a integração ocorre em Curitiba.
A medida significou um avanço na mobilidade das pessoas e foi considerada uma referência de transporte metropolitano.
No início, as linhas alimentadoras  urbanas de Fazenda Rio Grande eram

– Santa Fé – Atual Iguaçu 1 e 2
– Jardim Dona Rosa – Atual Estados 1 e 2, Santa Terezinha e Ipê
– Juvenal da Cruz – Atual Gralha Azul
– Dona Lia – Atual Nações 1 e 2
– São Francisco – Atual Eucaliptos 1,2,3.

Além de representar maior facilidade para quem se desloca para a capital, o sistema resultou em mais opções de linhas internas em Fazenda Rio Grande.
O diretor-presidente do Grupo Leblon, Haroldo Isaak, disse que o sucesso da integração é devido à atuação de todos, funcionários, passageiros, empresa e poder público.
”É uma data especial, de gratidão. E todos fazem parte disso. Há 30 anos começou a integração da Fazenda Rio Grande.  Louvo a Deus por todo esse tempo, pelos desafios, pelo crescimento da empresa, a cada passageiro transportado, a cada colaborador que participou, que se empenhou visando servir com excelência à Excelência.”
Grupo Leblon Transporte de Passageiros

quinta-feira, 7 de março de 2019

março 07, 2019

Grupo Leblon parabeniza Mulheres pelo seu dia e faz atividades com colaboradoras

Para comemorar o Dia Internacional da Mulher, a Leblon Transporte e a Viação Nobel programaram atividades especiais destinadas às colaboradoras.


Para o dia 08, sexta-feira, estão previstas aulas de Dica de Beleza, com a consultora da Mary Kay, Virgínia Nunes; e de “Move Dance” com Fitness Club.
Move Dance é um sistema que acompanha tendências como zumba mescladas a ritmos brasileiros, como sertanejo, axé e músicas regionais, com o objetivo de trazer benefícios à saúde pela queima calórica de forma indireta, mas de uma maneira que proporciona diversão.
É uma forma de o Grupo Leblon demonstrar seu reconhecimento e respeito às mulheres que são o sustentáculo da família e, assim, da sociedade como um todo.
A Leblon e a Nobel aproveitam a data para estender a gratidão, respeito e reconhecimento a todas as clientes em geral, que com garra e força levam bem estar e lutam em prol de suas famílias.
Com nossos ônibus, prestando serviços de transportes, unindo pessoas aos seus sonhos, possibilitando acesso ao trabalho e estudo, também fazemos parte desta luta.
Parabéns a todas as mulheres!

Grupo Leblon Transporte de Passageiros.

Fotos

Receber Newsletter