segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

janeiro 22, 2018

FAZENDA RIO GRANDE E GRUPO LEBLON: UMA PARCERIA DE DÉCADAS

Cidade completa 28 de emancipação e Leblon, 35 anos de prestação de serviços ao seu desenvolvimento


Há 28 anos, em 26 de janeiro de 1990, o governador do Paraná, na época, Álvaro Fernandes Dias, por meio da lei estadual n° 9.213, elevava Fazenda Rio Grande, até então um distrito de Mandirituba, à condição de município.
Sete anos antes, em 1983, surgia no distrito, o Grupo Leblon Transporte de Passageiros, uma iniciativa do empreendedor Alfredo Isaak, que, além de serviços de fretamento, começou a operar a linha regular entre Fazenda Rio Grande e Curitiba.
Era uma visão de futuro, que realmente se concretizou. A família Isaak, que já atuava no ramo de transportes desde 1951, quando Alfredo começou a fazer entrega de leite, acreditava no crescimento de Fazenda Rio Grande.
Para se ter uma ideia dessa visão e desta contribuição para o desenvolvimento de Fazenda Rio Grande, somente em 1986 é que tiveram início as obras de pavimentação das marginais da BR-116, pelo DER – Departamento de Estradas de Rodagem.
A maioria das vias de Fazenda Rio Grande era de terra e a cidade, em expansão, tinha pouca estrutura.
Mas lá já estavam os ônibus da Leblon, enfrentando atoleiros nos dias de chuva e poeira nos dias quentes e secos.
Não é exagero nenhum dizer que a Leblon é especialista em Fazenda Rio Grande. Muitos caminhos de terra passaram a ser ruas de verdade depois que receberam os ônibus da empresa.
O sr. Alfredo Isaak, os filhos, os demais familiares, motoristas e outros trabalhadores da empresa não poupavam esforços e muitas vezes os ônibus levavam enxadas e outras ferramentas para abrir os caminhos.
Fazenda Rio Grande cresceu e a Leblon também, juntamente com a Viação Nobel.
De acordo com estimativas do IBGE, em 2017, eram 95.225 moradores a frota licenciada na cidade em novembro de 2017 (o dado mais recente do Denatran) era de 48.402
Ou seja, há um carro para cada 1,96 habitante, um índice de motorização muito grande para os padrões brasileiros.
Estes números mostram a importância dos transportes coletivos para minimizar os impactos do trânsito e da poluição na cidade.
Para os transportes públicos cumprirem seu papel de forma adequada, precisam de infraestrutura condizente, tanto nas vias comuns, corredores exclusivos, faixas preferencias e terminais.
A Leblon, nesta data especial, parabeniza os moradores, trabalhadores e estudantes de Fazenda Rio Grande. O Grupo Leblon sempre acreditou nesta cidade e, no que depender da gente, Fazenda Rio Grande continuará sendo um dos municípios mais pujantes da região metropolitana.
Parabéns a todos.
Grupo Leblon Transporte de Passageiros


Fotos

Receber Newsletter