terça-feira, 7 de julho de 2020

O adeus de um apaixonado pelo setor de transportes e nossa homenagem e agradecimento


O Grupo Leblon Transporte de Passageiros lamenta o falecimento do motorista Alexandre Camargo Cordeiro, nesta segunda-feira, 06 de julho de 2020, e presta homenagens e gratidão a este verdadeiro apaixonado pelos transportes. Aos 67 anos, o profissional, que estava aposentado por invalidez, não resistiu a um câncer.
O amor pelo transporte era tão grande, que Alexandre Cordeiro pedia sempre para, quando chegasse sua hora de partida para os braços do Pai, seu corpo fosse sepultado trajando o uniforme e o crachá da Viação Nobel, empresa para a qual trabalhou em Fazenda Rio Grande, no Paraná, de 1997 a 2007, antes de ser afastado em março de 2007 e, posteriormente, aposentado por causa da doença em fevereiro de 2018.
O último desejo foi atendido nesta terça-feira, data de seu sepultamento.
Além do uniforme e do crachá devidamente trajados, foi deixado junto ao corpo o “materlinho de madeira”, instrumento usado costumeiramente pelos motoristas para checar a calibragem dos pneus dos ônibus, um procedimento de segurança fundamental.
Seu amor pela profissão deu frutos. Seu filho Ilson Antonio Ferreira Cordeiro trabalha como motorista no Grupo Leblon desde 2004 e mantém seu legado.
O momento é triste por sua passagem, mas queremos homenagear e celebrar a sua vida, o seu exemplo de amor pelo transporte de pessoas.
Muito obrigado, Alexandre Camargo Cordeiro, seu exemplo de dedicação ao ir e vir das pessoas permanece.
Grupo Leblon Transporte de Passageiros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fotos

Receber Newsletter